23.7.13

Ela

Ultimamente ela tem estado sensível demais, assim como sensitiva. Tem chorado por tudo  desde pequenezas até futilezas. Ela olha a bula do antibiótico: não é um efeito colateral. Nota que parece mais magra que o normal, todo aquele peso que ela levanta na academia não tem adiantado sem comer direito. Mas tem um nó no estômago. Às vezes se olha no espelho e se gosta, mas precisa postar uma foto só pra ganhar um elogio. E pra alguém que antes apreciava a nostalgia, agora só sente um frio na barriga ruim vendo pessoas e lugares antigos. Talvez porque se arrependa de decisões passadas, não tem certeza das atuais e tem medo das futuras. É, ela nunca foi muito boa em tomar decisões... Ou talvez o frio na barriga seja seu organismo temendo decepcionar todo mundo mais uma vez. O celular faz barulho ela olha esperançosa é só a operadora com alguma promoção de novo. Outras pessoas devem estar aproveitando a vida melhor que eu agora  — pensa. Vê que seu quarto está uma bagunça (esteve cansada demais pra arrumar depois de viver um pouco) e de repente estar ali não é mais tão aconchegante. Não tem tempo pra si mesma quando tem tempo pros outros, mas queria conseguir estar com os dois. Ser ela mesma quando está com os outros e estar com os outros quando é ela mesma, vice e versa. "Só acho que você devia abrir sua cabeça pras coisas", disse sua amiga. Mas nem é isso, é só que ela ainda não se encontrou enquanto todo mundo já. Se sentia sozinha no meio de toda aquela gente estranha pra ela. Queria ter suas próprias coisas. Queria ter seu próprio alguém. Encontrar seu lugar. A amiga disse que a ajudaria a achar. Acordou no dia seguinte mais leve depois disso, mesmo sabendo que no próximo dia poderia piorar. Resolveu ir se sentir um pouco mais pássaro. Tudo bem estar sozinha de vez em quando.

5 comentários :

  1. Ler isso me fez sentir bem (apesar de que não é uma coisa assim pra se sentir bem) porque sinto que não sou só eu que se sente assim (essa frase ficou feia mas deixa). Hoje não foi o dia que nós esperávamos, infelizmente... Não fica triste e não se sinta sozinha, sempre tô acompanhando você mesmo que de longinho. Fica bem, viu? A vida tá planejando algo melhor pra ti.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sempre tô te acompanhando de longe e ao mesmo tempo estando tão perto! hahaha A vida tá guardando uma coisa melhor pra nós duas, com certeza. ♥

      Excluir
  2. Passei (ou tô passando) por um momento assim na minha vida. Eu era bem fechada em mim mesma e nas minhas coisas e nas poucas pessoas que eu deixava entrar, mas depois de tempos fui vendo o quanto isso é prejudicial e como é bom se relacionar com as pessoas, procurar algo mesmo que o mais bobo possível em comum pra se aproximar e ter a possibilidade de dar o que você no fundo sabe do que todos precisam que é amor e, sabe, isso tem me mudado bastante... me fez ver que a solitude demais se torna solidão e nos faz olhar muito para nós mesmos e nos torna depressivos, e eu pensava que era porque eu era diferente, mas estava pensando apenas em mim mesma! Sua amiga tem razão quando diz que você precisa abrir a cabeça pras coisas. Talvez ela esteja fechada apenas em você, e isso é tipo aquelas coisas que você só encontra quando para de procurar... quanto mais você pensar no que te falta, menos você se sentirá bem! Pense no que você pode fazer por si mesma e pelos outros, na pessoa que você quer se tornar, não nos seus próprios sentimentos e na pena que você tem por si mesma, mas no que você é capaz! Porque mesmo que a gente quase nunca entenda, o que acontece é culpa nossa mesmo. Quando eu parei pra pensar nessas coisas, e não só isso, quando consegui abrir minha mente pras pessoas e pro amor, consegui evitar a maioria das minhas crises existenciais... Espero te ajudar um pouquinho. Se isso que mandei te der a menor luz que seja eu já ficarei feliz em ajudar!!!

    ResponderExcluir
  3. Ajudou sim! Obrigada por esse tempo que você passou escrevendo todas essas palavras pra me mandar um pouco de luz... Vou levar tudo isso em conta a partir de agora. Obrigada, anônimo, se identifica depois! ♥

    ResponderExcluir
  4. Eu super sou afim de ti há alguns anos!!

    ResponderExcluir